Notícias

ADESÃO DOS FUNCIONÁRIOS DE TI AMPLIA A GREVE NO BANRISUL

Sindicatos já organizam a greve para a próxima semana

A greve do Banrisul ganhou um reforço importante com o ingresso dos funcionários das áreas de TI1 e TI 2 (Tecnologia da Informação) no final da manhã desta sexta-feira, dia 7, 11º dia da greve nacional dos bancários. Os trabalhadores deste departamento do banco, que estão sendo contemplados apenas com os 8% da Fenaban, decidiram parar por duas horas e depois ingressar na greve por tempo indeterminado.

Além de todas as questões da pauta de reivindicações que estão sendo concedidas para o quadro A do Banrisul, os trabalhadores cobram que os itens sejam ampliados para os trabalhadores dos cinco quadros, incluindo os da TI1 e TI2. "Mais da metade do quadro de TI está parado. Estamos em greve em apoio aos colegas, também somos bancários e o banco também precisa contemplar a gente nesta negociação", afirmou Douglas Campelo, da TI2.

Com a adesão dos colegas da informática, os banrisulenses que estavam no piquete da Praça da Alfândega ingressaram na agência e fizeram um manifesto silencioso, chamando os bancários para paralisarem suas atividades. Ao retornarem para a rua os apitos fizeram o barulho necessário para chamar a atenção da direção do Banrisul, cobrando a retomada das negociações.

Logo em seguida, os grevistas seguiram para o prédio da DG (Diretoria Geral), quando por volta das 12h ocorre a saída para o almoço. Gritos de guerra, bandeiras e apitos fizeram a manifestação para buscar mais adesão à greve. "De camarote não, a luta é aqui no chão", gritavam os bancários para os banrisulenses que assistiam a manifestação pela janela.

Túlio Zamin, presidente do banco, também recebeu um recado dos grevistas. "Zamin, vamos negociar. Não adianta mandar BGX!" disse um manifestante ao se referir ao boletim interno do Banrisul que circulou nesta sexta. Através do comunicado, o banco afirma que a proposta recusada em assembleia perdeu a validade, restando aguardar os desdobramentos das negociações com a Fenaban.

"Os banrisulenses deram uma reposta ao desafio que lhes foi feito na assembleia de ontem (quinta). A greve se manteve e cresceu nesta sexta. Se não negociar, vamos intensificar e ampliar ainda mais nossa paralisação", ressaltou o presidente do SindBancários, Mauro Salles.

* SindBancários

Veja outras notícias

Trabalhadores entregam reivindicações aos bancos

Encontro marca início da Campanha Nacional de 2024 para a renovação da Convenção Coletiva da categoria; Trabalhadores do BB e da Caixa também entregaram minutas específicas de renovação de acordos coletivos   O Comando Nacional dos Bancários, que representa as...

Bancários iniciam campanha de negociação salarial

Atos em todo o país mostram que 'perrengues' da categoria unificam luta por aumento real e direitos; em São Paulo, também houve manifestação contra juros altos Com o lema #ASuaLutaNosConecta, sindicatos de bancárias e bancários de todo o país foram às ruas, nesta...