Notícias

BANCÁRIOS GAÚCHOS LANÇAM CAMPANHA CONTRA A PEC 280

Proposta visa alterar a Constituição do Rio Grande do Sul para tirar a obrigatoriedade de consulta à população sobre a venda da Corsan, do Banrisul e da Procergs

A Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Rio Grande do Sul (Fetrafi-RS) e o Sindicato dos Bancários de Porto Alegre (SindBancários) lançam, nesta sexta-feira (9), uma campanha contra a Proposta de Emenda à Constituição do Rio Grande do Sul (PEC) 280, que retira a obrigação de consulta à população para vender a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), o Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) e a Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs) e tramita com surpreendente agilidade na Assembleia Legislativa.

Os bancários querem mostrar à sociedade o papel estratégico destas instituições para o estado e pressionar os parlamentares favoráveis à proposta a reverem a posição. O mote “Por que eles não querem que a população gaúcha decida sobre as privatizações?” dita o rumo da campanha, que busca deixar claro que não existem justificativas admissíveis para excluir o povo gaúcho do processo decisório.

“O governador Eduardo Leite se elegeu prometendo na campanha que não venderia a Corsan e o Banrisul. Ele não honrou com a palavra, mentiu”, afirmou Mauro Salles, diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e do SindBancários. “E por que tirar da população o direito de decidir? Nosso lema é: ‘Plebiscito: para vender, tem que fazer!’”, concluiu.

Peças da campanha

A categoria utilizará diversos materiais para esclarecer a população sobre o que está acontecendo, o que está em jogo e para pressionar os deputados, como vídeos para TV e internet, spots de rádio, cards para as redes sociais, outdoors, entre outras peças publicitárias que informam e alertam para mais este ataque à democracia.

FONTE: CONTRAF

Veja outras notícias

Banco Central tem expectativa mais pessimista para o PIB de 2021

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga no início de março o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2021, na comparação com 2020, ano com os maiores reflexos da pandemia do novo coronavírus na economia. As estimativas, no...

%d blogueiros gostam disto: