Notícias

BANCOS PRECISAM REDOBRAR ATENÇÃO SOBRE CORONAVÍRUS

Trabalhadores que atuam em áreas de risco como hospitais e aeroportos não estão recebendo equipamentos de segurança ou treinamento

""

 

Com pelo menos 25 casos de coronavírus no Brasil e 930 casos suspeitos (até as 17h de segunda 9), a maioria em São Paulo, os bancos devem redobrar a proteção dos trabalhadores ante a epidemia e, em especial, com quem está lotado em agências ou postos de atendimento bancário dentro de locais de maior risco, como hospitais e aeroportos.

O Sindicato dos Bancários de São Paulo já cobrou das empresas que sigam os procedimentos da Vigilância Sanitária e dos órgãos de saúde para evitar contaminação pelo novo COVID-19.

"A tendência é que o número de casos cresça no Brasil e os bancários que trabalham em áreas de grande circulação de pessoas que podem ter sido expostas ao vírus, como aeroportos e hospitais também aumenta consideravelmente. Os bancos precisam, no mínimo, colocar suas áreas médicas para fazer monitoramento constante da saúde destes trabalhadores e fornecer os itens de segurança que têm sido apontados como importantes pelas autoridades, com álcool gel e máscaras de proteção", cobra o secretário de Saúde do Sindicato, Carlos Damarindo.

Cuidado com fake news sobre coronavírus

Outra sugestão que será enviada aos bancos ainda nesta semana é que trabalhadores em locais de maior risco de contágio reduzam a jornada de trabalho, a fim de reduzir a exposição. Hospitais como a Beneficiência Portuguesa e o Sírio Libanes, que já registraram casos de contaminação por coronavírus, possuem agências bancárias em seu interior.

 

FONTE: SP BANCÁRIOS

Veja outras notícias

Banco Central tem expectativa mais pessimista para o PIB de 2021

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga no início de março o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2021, na comparação com 2020, ano com os maiores reflexos da pandemia do novo coronavírus na economia. As estimativas, no...

%d blogueiros gostam disto: