Notícias

CHAVEZ VAI NACIONALIZAR UNIDADE DO SANTANDER NA VENEZUELA

A Venezuela vai seguir adiante com o plano de nacionalizar a unidade local do banco espanhol Santander, afirmou o presidente do país, Hugo Chávez, na quinta-feira, semanas depois que autoridades informaram que a compra da operação seria adiada.

Desde chegar ao poder há uma década, Chávez nacionalizou grandes porções da economia do país membro da Opep e este ano agiu para aumentar o controle estatal de fazendas e da produção de alimentos, apesar da queda acentuada na receita do petróleo.

"Não estamos recuando. Hoje nós voltamos ao assunto, eu anuncio a nacionalização do Banco de Venezuela para fortalecer o sistema bancário público nacional", disse Chávez durante reunião com ministros que foi televisionada.

O grupo Santander controla o Banco de Venezuela, uma das maiores instituições financeiras do país.

O ex-soldado que planeja construir um sistema socialista na Venezuela tem estado ocupado desde que venceu um referendo em fevereiro que o permite concorrer à reeleição indefinidamente.

No mês passado, ele ameçou assumir o controle do maior empregador do país, a Empresas Polar; nacionalizou uma fazenda produtora de arroz pertencente à gigante norte-americana Cargill; e tomou controle de uma série de outras propriedades agrícolas, incluindo uma de produção florestal da fabricante irlandesa de papelão Smurfitt Kappa.

Ele também determinou a tomada de controle de portos e aeroportos de governos estaduais, enfraquecendo governos de oposição que previamente controlavam algumas das principais rotas comerciais do país.

Chávez ordenou a compra do Banco de Venezuela em julho, mas as negociações com o banco espanhol foram interrompidas depois que os preços do petróleo despencaram nos últimos meses. Representantes do setor financeiro e uma importante autoridade do governo ligada às discussões disseram à Reuters em março que a venda não ocorreria este ano.

Fonte: Reuters, por Enrique Pretel

Veja outras notícias

Advogada alerta para regras de transição

Após a Reforma da Previdenciária de 2019, que à época retirou direitos fundamentais de mais de 100 milhões de brasileiros(as, quem já estava no mercado de trabalho e perto de se aposentar pode utilizar uma das quatro Regras de Transição para se aposentar, como explica...

Funcef ataca democracia ao descumprir edital de eleição

Decisão temerária e sem transparência para reabrir inscrições de candidatos macula o processo A Fundação dos Economiários Federais (Funcef), que administra os fundos de previdência das empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal, sem apresentar qualquer...

COE Santander conquista avanços para os Gerentes Empresas

Processo de negociação sobre Multicanalidade Santander ainda vai continuar para beneficiar todos os trabalhadores da rede de agências A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander saiu da reunião com a direção do banco, nesta quinta-feira (22), com...