Notícias

ITAÚ LUCRA R$ 3,9 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE

Sindicato negociou estabilidade para os trabalhadores do banco durante a pandemia de coronavírus, a não ser por justa causa, o que ajudou a reverter a tendência de cortes registrada em 12 doze meses, com 4.097 empregos a menos, resultando em saldo positivo de 416 empregos no primeiro trimestre

""

 

O Itaú registrou, no primeiro trimestre de 2020, lucro líquido recorrente de R$ 3,9 bilhões, redução de 43,1% em relação ao mesmo período de 2019 e de 46,4% no trimestre. De acordo com o banco, o resultado reflete, dentre outros fatores, o impacto do custo de crédito no primeiro trimestre de 2020, que apresentou um aumento de 175,2% quando comparado ao mesmo trimestre do ano passado e do produto bancário, que caiu 3,5%. Já o o retorno recorrente sobre o patrimônio líquido médio anualizado (ROE) caiu 10,8 pontos percentuais em doze meses, ficando em 12,8% (no Brasil ficou em 13%, com queda de 11,8 p.p.).

Tempo Real: Acompanhe as notícias sobre o Coronavírus nos bancos
Perguntas e Respostas sobre o Coronavírus nos bancos 

Ao final do 1º trimestre de 2020, o Itaú contava com 82.107 empregados, com fechamento de 4.097 postos de trabalho em doze meses. No trimestre, porém, houve saldo positivo de 416 novos postos de trabalho no banco em função de contratações para a área de TI e, principalmente, do acordo com o movimento sindical de não demissão durante a pandemia de coronavírus. Em doze meses, foram fechadas 371 agências físicas (duas no trimestre), o que representa queda de 10,5% do total de agências físicas e foi aberta apenas uma agência digital, totalizando 3.156 e 196, respectivamente. 

“O resultado de 2019 do Itaú foi extremamente positivo, o melhor das história entre todos os bancos que operam no Brasil, o que torna o corte de tantos postos de emprego inadmissível para uma empresa que opera como concessão pública”, diz a diretora do Sindicato e bancária do Itaú, Marta Soares

“E e, em meio a uma crise na qual os bancos continuaram batendo recordes de lucro, não deveria contribuir para a já elevada taxa de desemprego no país. Com a mobilização dos bancários, organizados no Sindicato e demais entidades representativas, conquistamos um acordo de não demissão durante a pandemia de coronavírus, a não ser por justa causa, o que deu maior tranquilidade para os trabalhadores neste momento de grave crise sanitária. Essa é uma grande conquista do nosso processo de negociação”, acrescenta a dirigente. 

Sindicato reforça importância da negociação diante da crise

Somente com a sua receita com prestação de serviços e tarifas bancárias , que cresceu 9,8% em doze meses, totalizando R$ 10,4 bilhões, o Itaú cobre em 179% o total de despesas com pessoal, incluindo a PLR. 

Outros números

A Carteira de Crédito cresceu 18,9% em doze meses e 8,9% no trimestre, atingindo R$ 769,2 bilhões. As operações com pessoas físicas (PF) cresceram 10,4% em relação a março de 2019, chegando a R$ 237,0 bilhões, com destaque para crédito pessoal (+20,2%), veículos (+17,3%), crédito imobiliário (+10,0%) e cartão de crédito (+9,7%). Já as operações com pessoas jurídicas (PJ) no país somaram R$ 221,2 bilhões, com alta de 27,5% em doze meses. Veículos (+95,7%), financiamento à importação/exportação (58,9%) e capital de giro (+25,9%) foram os destaques positivos no segmento. 

A carteira de crédito para a América Latina, por sua vez, apresentou alta de 16,8% no período, totalizando R$ 181,5 bilhões. 

O Índice de Inadimplência superior a 90 dias, no país, subiu 0,1 ponto percentual, ficando em 3,1%. As despesas com provisão para devedores duvidosos (PDD), entretanto, cresceram 161,5%, totalizando R$ 10,9 bilhões.

 

FONTE: SP BANCÁRIOS

Veja outras notícias

Caixa quer transferir gerentes PJ sem negociação

Contraf-CUT pede explicações e solução A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou um ofício à Caixa Econômica Federal, na terça-feira (19), solicitando informações sobre o remanejamento de gerentes de carteira de pessoas...

Comando rechaça negociar a PLR Social por PPR com Banrisul.

Em carta, representantes dos Banrisulenses reiteram à diretoria do banco que não aceitam negociar a PLR Social já clausulada em Acordo Coletivo de Trabalho com o Banco A diretoria do Banrisul, por meio de seus representantes, entrou em contato com integrantes do...

%d blogueiros gostam disto: