Notícias

TRABALHADORES DE TODO O BRASIL PARAM CONTRA PERDA DE DIREITOS TRABALHISTAS

 
Crédito: CUT
"CUT" Movimentos de esquerda se uniram para 1º de maio de luta de 2015

Os trabalhadores de todo o Brasil cruzarão os braços nesta sexta-feira (29) no Dia Nacional de Luta, convocado por seis centrais sindicais – CUT,CTB, CSB, CSP-Conlutas, Intersindical, Nova Central e UGT -, como forma de demonstrar a insatisfação dos trabalhadores brasileiros com o projeto da terceirização, além da perda de outros direitos trabalhistas.

O projeto 4330 foi aprovado pela Câmara dos Deputados e, agora, está na pauta de votação do Senado Federal, com nova nomenclatura e numeração – Projeto de Lei na Câmara 30 (PLC 30) -, mas o mesmo conteúdo.

O PLC 30 prevê a ampliação da terceirização e, até, a quarteirização da mão de obra, o que precariza as relações de trabalho, diminuindo direitos dos trabalhadores.

A paralisação é também uma resposta às medidas provisórias 664 e 665, aprovadas essa semana no Senado, como parte dos ajustes fiscais anunciados pelo governo, em 2015. A manifestação também defende a democracia.

Os bancários vão paralisar as atividades em diversos pontos do País. Em São Paulo, por exemplo, a categoria concentrará as atividades nas Regionais Paulista e Centro, com fechamento de agências e concentrações nestas áreas para discutir com a população o quanto a terceirização é maléfica para todos os trabalhadores.

Já o Sindicato dos Bancários de Sergipe promove um ato público no Calçadão da João Pessoa, em frente ao antigo Bingo Palace, Centro Comercial, a partir das 8 horas.

No Rio, a manifestação será organizada pela CUT regional. Foi proposto que cada sindicato cutista leve para o protesto, no mínimo, dez ativistas e dirigentes. A CUT decidiu colorir de vermelho a área da Cinelândia, no centro do Rio, a partir das 15h.

Nesta sexta-feira, o site da Contraf-CUT estará divulgando todas as atividades bancárias pelo País. Os sindicatos interessados podem enviar releases, informações e fotos para o imprensa@contrafcut.org.br.

Fonte: Contraf-CUT

Veja outras notícias

Bancários organizam Dia Nacional de Luta Menos Metas Mais Saúde

Categoria realizará manifestações nas ruas e nas redes sociais para reivindicar o fim de cobrança excessiva de metas O movimento sindical bancário organiza, em todo o país, ações para o "Dia Nacional de Luta #MenosMetasMaisSaúde", para o dia 24 de julho. O objetivo é...

COE Bradesco entrega minuta de reivindicações dos bancários

Documento aborda temas cruciais como a manutenção dos empregos, segurança das agências e contratação da remuneração total dos trabalhadores A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco entregou, na manhã desta sexta-feira (19), a minuta de reivindicações...