Notícias

28 DE ABRIL – DIA INTERNACIONAL EM MEMÓRIA À VÍTIMAS DE ACIDENTES E DOENÇAS RELACIONADAS AO TRABALHO

A data comemorativa do 28 de Abril, surgiu no Canadá por iniciativa do movimento sindical.

A Federação dos Bancários do RS (Feeb/RS) e o Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (Sindbancários) participam nesta terça-feira, 28, das atividades do Dia Internacional em Memória à Vítimas de Acidentes e Doenças Relacionadas ao Trabalho, 28 de abril. As entidades e suas assessorias na área da Saúde integram o Fórum Sindical de Saúde do Trabalhador, fórum responsável pela organização da programação alusiva à data, que acontecerá em Porto Alegre.

O diretor de Saúde da Feeb/RS, Amaro Souza, diz que além de lembrar as vítimas de acidentes e doenças do trabalho no mundo, o dia 28 de abril deve sensibilizar a sociedade para exigir melhorias nas condições de trabalho tanto no setor público quanto no privado. "Temos grandes batalhas pela frente para evitar que as relações de trabalho continuem a atingir a saúde dos trabalhadores", observa.

História

A data comemorativa do 28 de Abril, surgiu no Canadá por iniciativa do movimento sindical, espalhando-se por diversos países, organizado por sindicatos, federações, confederações locais e internacionais.

Esse dia foi escolhido em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, no ano de 1969. A OIT, desde 2003, consagra a data à reflexão sobre a segurança e saúde no trabalho.

Em maio de 2005 o 28 de Abril foi instituído no Brasil como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, pela Lei nº 11.121.

Em todo o mundo milhões de trabalhadores se acidentam e centenas de milhares morrem no exercício do trabalho a cada ano. No Brasil, os números também são impressionantes: todos os anos, três mil trabalhadores morrem – uma morte a cada duas horas de trabalho – e outros 300 mil se acidentam – três acidentes a cada minuto trabalhado. O Anuário Estatístico da Previdência Social registra, em 2004, 465.700 acidentes de trabalho no País, em 2005 esse número chegou a 499.680, em 2006 503.890 e em 2007 (última publicação) o número atingiu 653.090 casos.

 Fonte: Imprensa FeebRS

Veja outras notícias

COE Bradesco debate reestruturação no banco

Movimento sindical está preocupado com os rumos da instituição financeira A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco se reuniu, na tarde de terça-feira (20), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), em São...