Notícias

BB reforça medidas de apoio aos trabalhadores vítimas de catástrofe no Rio Grande do Sul

Novas ações englobam auxílio-moradia emergencial, garantia de recebimento integral da PLR, priorização nos atendimentos da Cassi, reforço do apoio psicológico, inclusive a dependentes, flexibilização em operações vigentes de CDC e Empréstimo Simples da Previ, além de novo calendário para as certificações

A Diretoria de Gestão da Cultura e de Pessoas do Banco do Brasil anunciou, nesta segunda-feira (20), ampliação das medidas do pacote emergencial para as trabalhadoras e trabalhadores gaúchos, e seus dependentes, atingidos pela tragédia ambiental que assola o Rio Grande do Sul.

As novas medidas anunciadas para os trabalhadores são:

1. Auxílio-moradia de até R$ 2.750 por mês, considerando prazo de 90 dias, aos trabalhadores que estejam impedidos de permanecer em suas casas em decorrência da calamidade pública;
2. Prioridade da telemedicina da Cassi aos participantes do Rio Grande do Sul, especialmente àqueles em situação delicada de saúde, que estejam em home care, tenham mais de 60 anos ou realizem tratamento oncológico, por exemplo;
3. Atendimento psicológico prioritário e ativo pelos psicólogos da Cassi também aos funcionários do RS. Essa medida inclui a parceria com a Wellz, para atendimento psicológico por três meses para até dois dependentes maiores de 18 anos;
4. Distribuição de 1.000 pontos no Conexão para todos os prefixos do RS, garantindo o recebimento da PLR integral aos colegas;
5. Suspensão do débito das parcelas de operações de CDC por dois meses, a partir do dia 20 de maio, aos residentes nos municípios em estado de emergência e/ou calamidade. A solução será automática, mas as pessoas que optarem por manter a operação atual, sem a suspensão dos débitos, poderão comunicar o banco;
6. Carência de até 180 dias para pagamento da primeira parcela na renovação e contratação de CDC salário dos funcionários da ativa e aposentados;
7. Previ: a entidade oferece aos participantes do RS a possibilidade de suspender as parcelas de contratos de Empréstimo Simples (ES), vigentes em 30 de abril, nas modalidades ES Rotativo e ES Finimob;
8. Programa Certificação de Negócios: Em relação às certificações de investimentos (CPA 10, CPA 20 e CEA), dos funcionários do Rio Grande do Sul, a Anbima prorrogou automaticamente o prazo de vencimento previsto entre 6 de maio e 6 de setembro para 6 de outubro.

“Entendemos que essas medidas, somadas às que foram anunciadas na semana passada, dão um conjunto importante de ferramentas neste momento de extrema gravidade que colegas gaúchos estão enfrentando. Como movimento sindical, estamos acompanhando de perto a situação de todos”, destaca a coordenadora da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) e dirigente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Fernanda Lopes.

Clique aqui para ver as medidas anunciadas na semana passada.

Quando o BB anunciou as primeiras medidas, o movimento sindical fez um balanço positivo, mas alertou que outras ações seriam necessárias.

“Desde o início, avaliamos que o banco demonstrou boa vontade, para auxiliar os trabalhadores. De pronto, destacamos que seria necessário, entretanto, outras medidas, levando em consideração perdas irreparáveis que sofremos, não apenas materiais, mas também psicológicas. O auxílio-moradia e a garantia da PLR, por exemplo, acrescentados agora no conjunto de medidas, são extremamente necessários aos funcionários”, acrescentou Priscila Aguirres, representante da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras do Rio Grande do Sul (Fetrafi-RS) na CEBB.

Além dessas novas medidas, o BB anunciou que 17 equipes da Rede Gepes estão mobilizadas para auxiliar os trabalhadores e orientar os que são gestores. As linhas telefônicas disponibilizadas são: 61 4003-5291 (capitais), 0800 88 15291 (outras regiões), além do WhatsApp BB Funci.

Ações voluntárias

O banco também está ajudando na divulgação dos canais de doação, entre eles o PIX Solidário RS (sosfuncisbb.rs@gmail.com), organizado pelos trabalhadores em solidariedade aos colegas, sejam funcionários ou terceirizados. As doações para este pix serão aceitas até sexta-feira, dia 24 de maio. A conta está em nome de Nádia Brugnara Soares, gerente geral da Gepes Rio Grande do Sul.

Outra chave pix também divulgada é a pix.enchentesrs@fbb.org.br, criada pelo BB e pela Fundação BB.

FONTE: CONTRAF

Veja outras notícias

Trabalhadores entregam reivindicações aos bancos

Encontro marca início da Campanha Nacional de 2024 para a renovação da Convenção Coletiva da categoria; Trabalhadores do BB e da Caixa também entregaram minutas específicas de renovação de acordos coletivos   O Comando Nacional dos Bancários, que representa as...

Bancários iniciam campanha de negociação salarial

Atos em todo o país mostram que 'perrengues' da categoria unificam luta por aumento real e direitos; em São Paulo, também houve manifestação contra juros altos Com o lema #ASuaLutaNosConecta, sindicatos de bancárias e bancários de todo o país foram às ruas, nesta...