Notícias

BC VÊ MELHORA NA ECONOMIA, MAS INDICA QUE AINDA HÁ ESPAÇO PARA CORTAR JUROS

Banco Central reafirmou que esse cenário deve contribuir para conter as pressões inflacionárias

O Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) avalia que houve alguma melhora na economia brasileira e mundial entre março e abril, mas ainda vê espaço para continuar reduzindo a taxa básica de juros.

A avaliação faz parte da ata da última reunião do Copom, divulgada nesta quinta-feira. Na semana passada, o BC cortou a taxa básica de juros de 11,25% para o menor patamar da história, 10,25% ao ano.

"O Comitê entende que o desaquecimento da demanda (…) criou importante margem de ociosidade dos fatores de produção que não deve ser eliminada rapidamente em um cenário de recuperação gradual da atividade econômica", diz o Copom.

O BC reafirmou que esse cenário deve contribuir para conter as pressões inflacionárias, o que vai continuar abrindo espaço para a "flexibilização da política monetária", ou seja, a queda dos juros.

"Nesse ambiente, a política monetária pode ser flexibilizada sem colocar em risco a convergência da inflação para a trajetória de metas.".

*Folha Online

 

Veja outras notícias

Bancários vão começar a mobilização para a Campanha Nacional

Organização e agitação pelas entidades e participação da categoria são fundamentais A data-base dos reajustes salariais, vales refeição e alimentação, valores da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e tantos outros direitos previstos na Convenção Coletiva de...

Eleições Cassi: Contraf-CUT apoia chapas 6 e 33

Entidade apoia fortalecimento da representação de associados dentro da caixa de assistência A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) declarou apoio às chapas 6 e 33 nas eleições na Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do...