Notícias

BC VÊ MELHORA NA ECONOMIA, MAS INDICA QUE AINDA HÁ ESPAÇO PARA CORTAR JUROS

Banco Central reafirmou que esse cenário deve contribuir para conter as pressões inflacionárias

O Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) avalia que houve alguma melhora na economia brasileira e mundial entre março e abril, mas ainda vê espaço para continuar reduzindo a taxa básica de juros.

A avaliação faz parte da ata da última reunião do Copom, divulgada nesta quinta-feira. Na semana passada, o BC cortou a taxa básica de juros de 11,25% para o menor patamar da história, 10,25% ao ano.

"O Comitê entende que o desaquecimento da demanda (…) criou importante margem de ociosidade dos fatores de produção que não deve ser eliminada rapidamente em um cenário de recuperação gradual da atividade econômica", diz o Copom.

O BC reafirmou que esse cenário deve contribuir para conter as pressões inflacionárias, o que vai continuar abrindo espaço para a "flexibilização da política monetária", ou seja, a queda dos juros.

"Nesse ambiente, a política monetária pode ser flexibilizada sem colocar em risco a convergência da inflação para a trajetória de metas.".

*Folha Online

 

Veja outras notícias

Trabalhadores entregam reivindicações aos bancos

Encontro marca início da Campanha Nacional de 2024 para a renovação da Convenção Coletiva da categoria; Trabalhadores do BB e da Caixa também entregaram minutas específicas de renovação de acordos coletivos   O Comando Nacional dos Bancários, que representa as...

Bancários iniciam campanha de negociação salarial

Atos em todo o país mostram que 'perrengues' da categoria unificam luta por aumento real e direitos; em São Paulo, também houve manifestação contra juros altos Com o lema #ASuaLutaNosConecta, sindicatos de bancárias e bancários de todo o país foram às ruas, nesta...