Notícias

LUCRO DO SANTANDER BRASIL AVANÇA 18% NO 2º TRIMESTRE

Lucro líquido é superior ao ganho de um ano antes

O lucro líquido do Banco Santander cresceu 18% no segundo trimestre deste ano, totalizando R$ 2,083 bilhões, contra ganho de R$ 1,766 bilhão observado no mesmo período de 2010.

No semestre, o lucro líquido somou R$ 4,154 bilhões, valor 17,7% superior ao ganho de R$ 3,529 bilhões apurado um ano antes.

A receita avançou 12,4% entre abril e junho deste ano, em relação a igual época de 2010, para R$ 8,959 bilhões.

A carteira total de crédito alcançou R$ 171,379 bilhões, crescendo em doze meses 17%. E, de acordo com a instituição financeira, a estratégia de crescimento de crédito do Santander permanece amparada pelos segmentos de maior rentabilidade, que são pessoa física e pequenas e médias empresas (PMEs).

Do montante total, 43% corresponde a pessoa física e 36% a PMEs. Já carteira de crédito ampliada registrou expansão de 18,5%, totalizando R$ 184,362 bilhões.

A despesa de provisão para créditos de liquidação duvidosa chegou a R$ 4,360 bilhões no primeiro semestre de 2011, uma redução de 11,3% em relação à igual período de 2010. No trimestre, a despesa de provisão, líquida de recuperação, aumentou 11,8%.

"Tal aumento é resultado tanto do crescimento do crédito, como de alguma deterioração da qualidade da carteira, refletida nos indicadores de inadimplência", justifica o Santander.

O índice de inadimplência, que considera a carteira vencida há mais de 90 dias mais créditos normais com alto risco de inadimplência, alcançou 6,7% no segundo trimestre de 2011, alta de 0,1 ponto percentual em relação ao mesmo período de 2010.

*Brasil Econômico

Veja outras notícias

Eleições da Funcef: Hoje começa a votação

Participantes da ativa e assistidos dos planos de previdência podem votar até sexta-feira (19), mas a orientação é não deixar para a última hora A partir desta terça-feira (16), os participantes dos planos de previdência da Funcef começam a votar para definir quem vai...