Notícias

REPRESENTANTES DOS BANCOS NÃO COMPARECE EM REUNIÃO DO GRUPO DE SEGURANÇA

 

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Porto Alegre realizou na manhã da quinta-feira, dia 22, reunião do Grupo de Segurança Bancária. O encontro foi marcado pela ausência do representante dos bancos, mais uma vez demonstrando o descaso dos banqueiros para a segurança.

O diretor Jurídico do SindBancários, Lúcio Mauro Paz, representante da entidade no Grupo, disse que a falta do representante dos bancos na reunião, que aconteceu na sede da SSP, demonstra a falta de interesse com que os bancos lidam com a segurança.

"As reuniões geralmente são produtivas, mas com a ausência dos bancos não podemos evoluir nos temas pautados, que foram formas de reprimir os ataques assaltos aos bancos e a sua redução", afirmou o dirigente. Ele acrescentou ainda que diante de tal atitude, os bancos evidenciam a "falta de responsabilidade em discutir um tema tão importante para os bancários, clientes e toda a sociedade.

O descaso dos bancos fica evidente diante da omissão para o cumprimento da lei dos vidros blindados. Em vigor desde dezembro de 2008, as agências ainda não instalaram os itens nas fachadas, como determina a lei municipal de Porto Alegre. Além disso, várias unidades possuem a porta giratória depois do auto-atendimento, o que é ilegal, bem como não colocaram câmeras de vídeo para inibir ataques e facilitar a identificação de criminosos.

"Os lucros dos banqueiros sobem ano após anos, mas não se vê a mesma evolução nos investimentos em segurança", relaciona Paz. "A vida precisa ser prioridade", reivindica.

O mês de outubro já registrou oito ataques a bancos. O mais grave à agência do Banrisul de Anta Gorda. Após roubar dinheiro do banco, a quadrilha montou uma barreira de proteção com moradores e uma ambulância para iniciar sua figa. Em 2009, foram 105 casos, sendo 28 em Porto Alegre e 77 no Interior.

*SindBancários

 

Veja outras notícias

Advogada alerta para regras de transição

Após a Reforma da Previdenciária de 2019, que à época retirou direitos fundamentais de mais de 100 milhões de brasileiros(as, quem já estava no mercado de trabalho e perto de se aposentar pode utilizar uma das quatro Regras de Transição para se aposentar, como explica...

Funcef ataca democracia ao descumprir edital de eleição

Decisão temerária e sem transparência para reabrir inscrições de candidatos macula o processo A Fundação dos Economiários Federais (Funcef), que administra os fundos de previdência das empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal, sem apresentar qualquer...

COE Santander conquista avanços para os Gerentes Empresas

Processo de negociação sobre Multicanalidade Santander ainda vai continuar para beneficiar todos os trabalhadores da rede de agências A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander saiu da reunião com a direção do banco, nesta quinta-feira (22), com...