Notícias

TRABALHADORES INTENSIFICAM LUTA PELA APROVAÇÃO DA PAUTA TRABALHISTA

Atos começaram em 6 de julho com manifestações promovidas pela CUT

Uma grande manifestação em São Paulo, dia 3 de agosto (quarta-feira), marcará o encerramento da jornada nacional de mobilização das centrais sindicais em torno das bandeiras da Agenda Unitária da Classe Trabalhadora, aprovada na Conclat 2010.
Os atos começaram dia 6 de julho, com manifestações promovidas pela CUT em todo o País. Na mesma data, as demais Centrais fizeram concentração em Brasília.

O ato está sendo organizado em conjunto pelas centrais sindicais – Força Sindical, CTB, CGTB, Nova Central e UGT.

A passeata de 3 de agosto pretende levar milhares trabalhadores às ruas, para defender a redução da jornada semanal de trabalho para 40 horas, sem diminuição de salário; o fim do fator previdenciário; a regulamentação do processo de terceirização, hoje desenfreado; mecanismos de controle da demissão imotivada; menos juros; reforma agrária e urbana, entre outras bandeiras.

Unidade

Junto com as centrais, várias entidades dos movimentos sociais vêm engrossando as manifestações sindicais. Entre elas, a União Brasileira de Mulheres (UBM), Confederação Nacional das Associações de Moradores, Unegro, UNE, Ubes, ANPG, UJS e MST.
Assim, as bandeiras de luta desses segmentos também ganham as ruas, somando forças com os atos e mobilizações das entidades de trabalhadores.

*Agência Sindical

 

Veja outras notícias

Deputados aprovaram projeto que regulamenta reforma tributária

Luta das entidades de representação dos trabalhadores foi acatada e emenda que zera alíquotas do IBS e da CBS dos planos de previdência complementar fechados e planos de saúde de autogestão foi aprovada A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (10), o...